Sandra Siciliano - Terapeuta Ambiental

"Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver"
Dalai Lama

Todas as árvores são sagradas e devem ser honradas, pois tanto elas como nós fazemos parte da natureza.

Muitas espécies de plantas usadas pelos índios foram adotadas pelas sociedades modernas.

 

As principais plantas da indústria cosmética e de alimentação já eram conhecidas e usadas pelos nativos bem como uma grande parte dos medicamentos produzidos hoje como base as plantas curativas.

Pau-Brasil

Eles também as utilizavam como corante. Cada árvore produz uma cor: O urucum produz o vermelho forte, o jenipapo o preto, o pau-brasil o vermelho claro, a raiz da bananeira o azul escuro e a pupunha o verde.

Cada árvore possui sua qualidade sagrada.

Nas religiões afro-brasileiras, as árvores são muito importantes. Cada orixá é representado por uma árvore. A gameleira e a Jurema são as árvores sagradas do Candomblé e da Umbanda. IROKO, orixá do tempo, é representado por uma árvore grande, a maior do terreiro. Sem o tempo nada acontece.

Patrimônio Ambiental - Pau Brasil em SP

Cada coisa tem seu tempo.

No Brasil, várias tribos indígenas têm a árvore como a “Mãe” criadora do mundo .

O Pau-Brasil vem sendo alvo de pesquisas científicas que apontam a existencia de enzimas com alto teor terapêutico na composição dessa árvore.

Fotos do Pau-Brasil e da Placa: Beto Siciliano

 


Pesquisar

Caixa de Música

Assine nosso informativo

Calendário Meio Ambiente

calendario meio ambiente 2015

Ir para o topo